Wikipédia Quem Somos Mulher 500 Publicações Parceiros Links Home Contato Home
  Nesta seção além de obter informações sobre as temáticas relacionadas ao papel da mulher na história do Brasil, você pode também nos ajudar a construir de maneira participativa e democrática o Dicionário Mulheres do Brasil - Volume II, através desta ferramenta.  
COLABORE
Login:
   
Senha:
   
Cadastre-se aqui
  Esqueci minha senha
 
Mini-biografias contidas no "Dicionário Mulheres do Brasil Volume I (publicado) e Volume II (a publicar).
 
Busca Alfabética
| A-C | D-G | H-L | M-P | Q-Z |
Busca Avançada
Nome:
Século:  
Estado:  
Etnia/Cor:  
Atividade:  
Palavra-chave  
Volume:   I II (Wiki)
 
  Guia de referência bibliográfica com a temática de gênero, etnico-raciais e direitos humanos.  
Busca
Palavra-chave:
   
Artigos, Dissertações e Teses.
Busca
Palavra-chave:
Tipos:
Nesta seção estamos disponibilizando cartazes produzidos pelo Movimento Feminista, Movimento de Mulheres, Ong's e Instituições públicas; que tratam de temáticas relacionadas a defesa dos Direitos Humanos das Mulheres.
Busca
Palavra-chave:
Categoria:
 

 

Wikipédia
Em breve!
acervo e pesquisa - biografia de mulheres
detalhes

Santa Dica (1906-1970) - VOLUME 1

Século:

XX
Estado: GO
Etnia/cor: Branca
Atividade: Mulheres em Revoltas e Guerras
Descrição:

Líder religiosa e de movimento social; natural de Pirenópolis (GO). Ainda criança apresentou manifestações espirituais que se intensificaram mais tarde. Uma vez julgada morta, despertou quando se iniciava a cerimônia de sepultamento. A fama correu e vários peregrinos foram até a região. Em 1923, assumindo seus poderes espirituais, fundou a comunidade agrícola Corte dos Anjos. Vários trabalhadores das fazendas locais abandonaram seus empregos para morar na comunidade. As formas de organização da comunidade incomodavam os grandes fazendeiros da região, com medo de reviver a tragédia de Canudos e passaram a chamá-la de Santa Dica. Foi presa e condenada e após foi banida de Goiás. Em São Paulo, foi bem recebida pelos membros da Federação das Associações Espíritas do Brasil e participou da Revolução Constitucionalista de 1932. Dois anos depois voltou a ser presa. Porém, retornou a Pirenópolis, onde passou a exercer a liderança espiritual e política da região.

A biografia completa pode ser apreciada na obra Dicionário Mulheres do Brasil: de 1500 até a atualidade (biográfico e ilustrado), de Schuma Schumaher e Érico Vital Brasil, Editora Zahar, 2000.


COMENTÁRIOS
REDEH 2008 ©. Todos os direitos reservados.